Sintomas do TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade)

7 de agosto de 2015 at 5:29

Sintomas do TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade)

 

O Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) é uma doença reconhecida pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e por vários países – sendo que alguns possuem até leis de proteção e assistência para portadores. É um transtorno neurobiológico que acomete a pessoa desde a infância e continua pela vida adulta, na maioria dos casos.

tdah-adultos

Com pesquisas ao redor do mundo, o TDAH surge em 3 a 5% de crianças e na vida adulta a percentagem permanece em 4%. Abordaremos o assunto voltado ao público adulto.

tdah-adulto

Existem tipos e graus de TDAH? Quais são as causas e sintomas do TDAH? Qual é o tratamento?

 

Tipose graus do Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade

 

Segundo o Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais da Associação Americana de Psiquiatria (DSM IV), existem 3 tipos de TDAH. Sendo eles:

  • TDAH com predomínio de sintomas de hiperatividade ou impulsividade;
  • TDAH com predomínio de sintomas de desatenção; e
  • TDAH com combinação dos dois tipos acima.

Conforme aponta o Dr. Marcelo Maroni Saraiva, “segundo a OMS e a Associação Psiquiátrica Americana o TDAH é um transtorno psiquiátrico que tem como características básicas a desatenção, a agitação (hiperatividade) e a impulsividade, podendo levar a dificuldades emocionais, de relacionamento, bem como a baixo desempenho escolar e outros problemas de saúde.”

homem tdah

Ainda, há três graus de comprometimento distintos de TDAH:

  • Leve: só existem os sintomas que conseguem provar a doença, sendo eles poucos. Aqui, o TDAH pouco atrapalha no funcionamento rotineiro de estudos, trabalho e pessoal;
  • Moderado: é o meio termo entre o leve e o grave;
  • Grave: há a existência de vários sintomas e que podem afetar e prejudicar acentuadamente a convivência profissional e social.

 

Causas do Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade

 

O TDAH é alvo de estudos mundialmente, porém há controvérsias e questionamentos em relação às causas do transtorno. Cientificamente falando, não há ainda uma causa comprovada.

Há uma discussão abordando o lado genético (incluindo anormalidades no cérebro) e o lado ambiental. O Dr. Marcelo Maroni comenta que “os principais fatores identificados como causa são umas suscetibilidades genéticas em interação direta com fatores ambientais.”

 

Sintomas do TDAH

 

Um diagnóstico de TDAH, antes de tudo, é feito através da permanência de um padrão dos sintomas que serão listados abaixo. Pessoas adultas apresentam de forma menos evidente os sintomas, mas ainda assim atrapalham e prejudicam o convívio diário.

Pelo tipo de TDAH, é possível apontar que os sintomas para aqueles que predominam a desatenção são:

  • Dificuldade de concentração;
  • Dificuldade em seguir instruções – começam várias coisas ao mesmo tempo, sem terminar nenhuma;
  • Dificuldade em organização;
  • Facilmente distraídas e esquecidas;
  • Dificuldade em prestar atenção aos detalhes;

Na vida profissional, o descuido e a desatenção atrapalham a atuação e o plano de carreira.

Já relacionado ao predomínio da hiperatividade, é possível determinar que os sintomas são:

  • Inquietude;
  • Agitação;
  • Impaciência;
  • Falam muito;
  • Agem com precipitação;
  • Dificuldade em esperar a vez de falar em assuntos e conversas;

:Alguns outros sinais bastante comuns em adultos estão relacionados aos atrasos frequentes. Nesse caso, um adulto com TDAH não consegue cumprir horários e muito menos compromissos. No lado profissional, a pessoa pode adiar tarefas, principalmente aquelas que ela própria julgue que não sejam interessantes ou desagradáveis.

A dificuldade nos relacionamentos pode ser um sinal de TDAH também, pelas mudanças de comportamento que um adulto com a doença apresentará.

Conjuntamente, há a dificuldade em se expressar e o próprio estresse ou depressão, que muitas vezes são associados aos problemas do cotidiano.

Muitos adultos com TDAH possuem problemas em dirigir, pois eles se distraem com mais facilidade e não concentram-se na simples atividade da direção.

A repetição de palavras ou gestos é um sinal bem comum nos adultos com TDAH, o que está diretamente conectado com a dificuldade de se expressar. Quem não conhece a doença pode simplesmente achar que a pessoa está nervosa e insegura perante outras.

 

Um tratamento apropriado para um adulto com o Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade deve ser prescrito e orientado por um médico capacitado. Alguns remédios dados para crianças com a síndrome podem ser receitados para adultos.

O tratamento também pode ser acompanhado por um psicoterapeuta, já que, em certos casos, serão necessárias mudanças e reestruturação na vida doméstica ou no trabalho. O profissional dará as recomendações corretas para cada paciente, a fim de amenizar as dificuldades que a doença traz para si mesmo e para as pessoas ao redor.